Mais leveza para viver

Decoração harmoniosa e espaços bem distribuídos caracterizam este apartamento cosmopolita

Por Juliana Duarte | Fotos Alessandro Guimarães

Um amigo em comum apresentou o arquiteto Paulo Vale Afonso ao dono deste apartamento. E assim a história do imóvel começou a mudar. Situado na cidade do Porto, em Portugal, o espaço de 75 m² era, na verdade, um escritório. O grande desafio foi transformá-lo em um lar.

“Era uma área vazia, então tudo o que existe aqui foi desenhado e construído”, explica o profissional. Na sala de estar, um dos destaques é o armário desenhado por Paulo e executado em aglomerado melamínico com acabamento no padrão bétula (uma madeira típica de Portugal).

O arquiteto aproveitou o rasgo na parede para criar um nicho, que ficou bem marcado devido ao uso de tinta cinza mais escura sobre a alvenaria (um tom semelhante é o Cinza Asfalto, da Suvinil, referência P161). O sofá suede tem uma tonalidade abaixo – criando uma paleta discreta.

Paulo previu uma meia-parede para delimitar sala e cozinha, que agora ocupa o espaço pertencente ao antigo banheiro do escritório. E o melhor: projetou-a um pouco mais alta do que o habitual. Assim, ele conseguiu camuflar uma bancada para refeições mais rápidas.

Banquinhos de madeira tratam de acomodar os convidados. À frente, os armários planejados para aproveitar o vão da cozinha – os móveis têm o mesmo acabamento do rack da sala (aglomerado no padrão bétula). Com 2,40 x 0,70 x 0,90m, a bancada da pia fica embutida na composição e ganhou Formica branca.

 

Para ler mais sobre esse projeto, compre a revista Casa & Construção – Ed. 149