Use iluminação LED para destacar a decoração

O uso da tecnologia LED está cada vez mais abrangente, podendo ser aplicada de formas criativas, inovadoras e variadas

Texto: Rita Curci | Fotos: Divulgação | Adaptação web Caroline Svitras

As lâmpadas de LED (diodo emissor de luz) estão presentes em nosso dia a dia há muitos anos. Da iluminação de relógios digitais a casas noturnas, essa tecnologia vem numa evolução rápida e abrangente.

 

Ao contrário dos demais produtos, esse sofre efeito reverso: as novas versões chegam ao mercado com valores muito mais acessíveis e o custo-benefício é ainda melhor, o que torna as luminárias que utilizam essa tecnologia um dos raros produtos que apresentam decréscimo de preço conforme evoluem. “As lâmpadas incandescentes estão em vias de extinção, enquanto as fluorescentes e halógenas utilizam tecnologias ultrapassadas e agressivas ao meio ambiente, com a adição de metais pesados em sua composição. A tecnologia LED, apesar de possuir um preço um pouco mais elevado, apresenta um consumo bem menor e uma luminosidade otimizada, que, em curto prazo, se refletem na redução das despesas”, explica Antônio Carlos Pazetto, gerente-geral da área comercial da Ourolux, que exemplifica: “Uma luminária tubular fluorescente tem uma vida útil de 10 mil horas e consome cerca de 32 W, enquanto a similar de LED conta com vida útil de 30 mil horas e consumo de 20 W. Após um ano de uso contínuo em uma residência, a economia chega a R$ 11,66. O LED dura, ainda, o triplo de uma fluorescente, o que significa menos substituições e trocas e, consequentemente, menos agressão ao meio ambiente.”

 

Embora a tecnologia LED exista desde a década de 60, somente recentemente as inúmeras vantagens desse tipo de iluminação estão sendo colocadas em prática em larga escala. Painéis, visores, luminárias e muitos outros produtos estão substituindo antigas fontes de energia, impulsionados pela crescente preocupação com o meio ambiente e, claro, com a redução de custos. Confira, a seguir, 10 dicas para otimizar e obter vantagens com o uso do LED.

Para iluminar ambientes sem aquecê-los ou que, por sua natureza, exijam uma iluminação especial, como a cozinha. Essa tecnologia não emite infravermelho, portanto, não esquenta o espaço.
« 1 de 10 »

Revista Casa e Construção Ed. 102