Melhores raças de cachorro pequeno – Lista com 20 cães!

Melhores raças de cachorro pequeno – Lista com 20 cães!

As melhores raças de cachorro pequeno estão em nosso conteúdo de hoje. O cão é uma das espécies de estimação que apresenta maior variedade de tamanhos entre seus exemplares. Quando você procura um amigo de quatro patas, seu tamanho e natureza são algumas das características que devem ser consideradas imediatamente.

Nos últimos anos, o aumento do número de proprietários de cães, mesmo em áreas urbanas, levou a uma maior disseminação de raças de cães pequenos que podem viver facilmente mesmo em um apartamento ou condomínio residencial.

Neste conteúdo, vamos trazer 20 das principais raças desse tipo, além de informações sobre suas características e forma de cuidado, já que estamos falando de um espaço realmente pequeno para se criar um cão. Leia conosco e conheça mais sobre as melhoresraças de cachorro pequeno, vamos lá!

As 20 melhores raças de cachorro pequeno

Melhores raças de cachorro pequeno
As 20 melhores raças de cachorro pequeno

Todos aqueles que não ultrapassam 10 kg e têm altura na cernelha de até 40 cm são classificados como raças de cachorro porte pequeno. Este parâmetro é calculado colocando o cão na posição quadrúpede e medindo a distância da cernelha do cão ao solo com um medidor rígido ou um instrumento especial, chamado cinômetro.

Oficialmente, nenhuma distinção é feita entre cães pequenos e cães muito pequenos, embora comumente chamadas de raças mini sejam aquelas que permanecem com um peso de 4 kg. As pequenas raças de cachorro de porte pequeno que mais conhecemos são:

  1. Poodle;
  2. Dachshund;
  3. Bichon Frisé;
  4. Bichon Bolonhês;
  5. Boston Terrier;
  6. Bulldog Francês;
  7. Pug;
  8. Cavalier King Charles Spaniel;
  9. Chihuahua;
  10. Fox terrier;
  11. Maltês;
  12. Jack Russell terrier;
  13. Pequinês;
  14. Pinscher anão;
  15. Schnauzer Miniatura;
  16. Volpino Italiano e Lulu da Pomerânia;
  17. Shih Tzu;
  18. West Highland White Terrier;
  19. Yorkshire Terrier.

Características e comportamento das melhores raças de cachorro pequeno

Melhores raças de cachorro pequeno
Características e comportamento das melhores raças de cachorro pequeno

Ao optar pela adoção de um cão de pequeno porte deve se ter em mente que esta categoria inclui cães com características muito diversas, aliadas ao fato de poderem ser uma boa opção para quem tem pouco espaço disponível e deseja um cão facilmente transportável para acompanhá-lo por muitos anos de sua vida. São as perfeitas raças para apartamento. Na verdade, eles são considerados cães de vida muito longa, atingindo até 16-18 anos.

A quantidade de atividade diária depende muito de suas características físicas e da natureza do animal, de fato, nesta categoria encontramos cães mais ativos, com um nível de energia muito alto, e cães mais sedentários.

Um erro que pode ser cometido é considerar que essas melhores raças de cachorro pequeno não tem vontade de andar, especialmente quando ainda é um filhote. A solução frequentemente adotada é a utilização de bolsas e carregadores, que alteram sua visão de mundo e interação normal com outros seres vivos ou com o meio ambiente e que, no entanto, levam ao desenvolvimento de alguns problemas de comportamento.

Na verdade, mesmo os cães pequenos precisam descobrir o mundo ao seu redor em sua “altura” para aprender a se relacionar da maneira certa.

As patologias mais frequentes em cães pequenos

Melhores raças de cachorro pequeno
As patologias mais frequentes em cães pequenos

Analisando a epidemiologia das doenças mais frequentes, algumas delas estão associadas a uma alta incidência em cachorros pequenos de raça. As condições que devem ser consideradas para esses tipos de cães são:

  • Patologias odontoestomatológicas, dadas pela sua predisposição para acumular mais tártaro, levando o veterinário a propor consultas odontológicas especializadas, tratamentos específicos, incluindo até mesmo raspagem;
  • Patologias ortopédicas. Dentre estas encontramos a luxação da patela, dada pelo posicionamento incorreto da patela fora de sua localização natural, e a necrose da cabeça femoral, degeneração desta parte anatômica detectável na fase de crescimento;
  • Doenças cardíacas, em particular disfunção da válvula mitral resultando em sintomas cardíacos de insuficiência da válvula;
  • Distúrbios respiratórios, em primeiro lugar a predisposição ao colapso traqueal dorsoventral com consequentes sintomas respiratórios e intolerância ao exercício;
  • Distúrbios gastrointestinais, com sintomas de vômitos e diarreias, com a particularidade de estar associados a estressores emocionais e ambientais.

É importante lembrar que se algumas dessas patologias são mais frequentes na grande categoria de melhores raças de cachorro pequeno, existem predisposições específicas para cada raça que devem ser avaliadas em conjunto com o seu veterinário.

Como cuidar de um cachorro pequeno?

Melhores raças de cachorro pequeno
Como cuidar de um cachorro pequeno?

Os cães de pequeno porte precisam de alguns cuidados para um manejo adequado, principalmente aqueles cães de porte pequeno que vivem em apartamento. Seu pequeno tamanho em relação a uma superfície corporal elevada os expõe mais às mudanças climáticas.

Se no verão a baixa estatura os expõe ao maior contato com superfícies muito quentes, como o asfalto, no inverno sofrem maior perda de calor, sentindo mais frio. Especialmente para as raças de pelo curto, é bom considerar o uso de uma roupinha durante as caminhadas.

  • No período de inverno também é melhor evitar banhos e lavagens, caso não tenha certeza de uma secagem correta da roupinha, e é bom evitar a tosa que podem expô-los ainda mais ao frio;
  • A prevenção adequada também ajuda nas predisposições mencionadas acima. Uma boa limpeza dentária é aconselhável nestes tipos de cães, a fim de evitar o acúmulo de tártaro e gengivite. Existem muitos produtos especiais no mercado, desde escovas de dente para cães com pasta de dente até mastigáveis e croquetes específicos;
  • Finalmente, mesmo para esses cães menores, é importante fornecer os nutrientes certos com uma nutrição adequada. Uma alimentação balanceada na quantidade certa evita o desenvolvimento da obesidade, condição que predispõe a inúmeras doenças caninas. Por esse motivo, todas as formulações do mercado contêm as informações necessárias para a dosagem do alimento de acordo com a idade e o peso do animal. Lembramos que a quantidade presente nas embalagens, seja para ração seca ou mista, refere-se a uma dose diária.

Esse foi o nosso conteúdo onde citamos 20 das melhores raças de cachorro pequeno, além de citarmos as principais características de comportamento e saúde desses amiguinhos de 4 patas rebaixados. Vale ressaltar que é importante estudar um pouco mais a fundo sobre a personalidade da raça que desejar adotar, pois não necessariamente um cão pequeno é indicado para um espaço pequeno. Pesquise bastante antes de escolher seu cão, e deixe sua dúvida abaixo caso possuir alguma. Até a próxima!

Deixe um comentário