Robô Aspirador de Pó – Guia com 7 opções e funcionamento!

Robô Aspirador de Pó – Guia com 7 opções e funcionamento!

O que é um robô aspirador de pó e como funciona? O que até recentemente era considerado um capricho da ficção científica, hoje é um dos eletrodomésticos mais comprados e desejados.

Em um nível puramente prático, tal dispositivo é fornece uma ajuda considerável. Permite manter os pisos limpos de forma totalmente automática, oferecendo também funções bastante avançadas. Dito isso, é difícil chegar ao fundo de seu funcionamento.

Neste artigo, analisaremos como ele funciona, examinando cada mecanismo que torna este produto tão eficiente e interessante.

Obviamente este guia é não se refere a modelos individuais, mas no final do conteúdo vamos fornecer uma lista com algumas das melhores compras que você pode realizar quando o assunto é robô aspirador de pó. Leia conosco!

Como funciona um robô aspirador de pó?

entenda como funciona
Entenda como funciona

Como acabamos de mencionar, não estamos falando de aparelhos simples que funcionam automaticamente. Na verdade, estes são dispositivos bastante “inteligentes”, dadas as funções avançadas com as quais estão equipados.

Especificamente, o robô aspirador de pó, pelo menos os modelos recentes e avançados, é um objeto capaz de mapear a casa.

Os “primeiros passos” que um robô dá dentro de casa, apenas colocado em operação, são usados para fazer as medições. Nessa fase, chamada de mapeamento, o aparelho tira literalmente as medidas da casa para armazená-las.

Esses dados permitem que o robô, no futuro, seja capaz de trabalhar com tranquilidade, não apenas se libertando através de portas, mas também gerenciando a posição de móveis e outros obstáculos potenciais.

Obviamente, para realizar o mapeamento e avaliar obstáculos inesperados, os aspiradores robôs usam sensores (que falaremos sobre mais tarde).

Mapeamento

Como já mencionado, o mapeamento de uma casa é um tipo de operação essencial para o correto funcionamento de um aspirador robô.

Geralmente, os fabricantes que prestam atenção aos modelos de tais dispositivos, recorrem a duas categorias distintas de mapeamento que, combinadas, permitem obter resultados de alto nível.

A primeira tecnologia, a mais simples, é chamada de mapeamento por câmera. Isso acontece graças às câmeras do robô que, ao escanear visualmente a sala/casa, memorizam o posicionamento dos objetos.

Para completar o trabalho então, existem os mapeamentos a laser. Esta tecnologia impressionante permite que o robô escaneie o espaço circundante usando um laser e calcule a distância ao seu redor. Com os dados coletados, portanto, é possível criar um mapa real que é salvo na memória do dispositivo.

Para tentar entender o quão avançadas são essas tecnologias, basta saber que até poucos anos atrás elas eram uma prerrogativa do campo militar.

Por que o mapeamento é tão importante?

Embora toda essa tecnologia possa parecer supérflua, na verdade não é. Ser capaz de gerenciar o mapeamento acaba sendo a tarefa mais importante (e complexa) à qual um robô aspirador de pó é dedicado.

Na verdade, graças à maior precisão, o dispositivo é capaz de se mover mais rápido e escorregar em orifícios. O resultado bastante evidente, portanto, é que os modelos mais avançados em termos de mapeamento são mais rápidos e precisos que os concorrentes.

Os 5 sentidos de um robô aspirador de pó são sensores

5 sensores utilizados
5 sensores utilizados

Bem, sim. Os sensores são comparáveis no sentido de robôs. A grande maioria dos modelos no mercado é equipada com diferentes sensores. Estes podem ser de vários tipos, permitindo assim que o dispositivo se mova gerenciando quase todos os fatores externos. Especificamente, listamos:

  • Os sensores da parede. Estes são à base do funcionamento de um robô aspirador de pó. Com efeito, permitem identificar a proximidade de uma parede ou obstáculo físico, contornando-o ou, em todo o caso, evitando o impacto. Podem ter um sistema semelhante aos sensores usados pelos carros para estacionar ou, no caso de um produto mais avançado, câmeras reais.
  • Outro tipo de sensor é o que avalia a distância. Nesse sentido, falamos de detectores ópticos capazes de fazer medições bastante precisas de distâncias. É uma ferramenta útil para mapear os cômodos de casa.
  • Os sensores de diferença de altura, por outro lado, são essenciais para que o robô evite quedas das escadas. Na verdade, por sua natureza, esses dispositivos sofrem especialmente de diferenças de altura. São úteis ou não dependendo da conformação da casa a ser limpa.

Aplicativos móveis

Depois de analisar o mapeamento e os vários sensores, é bom focar na integração de aplicativos móveis com este tipo de aparelho. Na verdade, os robôs mais recentes geralmente podem ser combinados com software de smartphone.

O que isso acarreta? As opções a este respeito são muitas e difíceis de ilustrar sem tomar produtos específicos.

Por exemplo, você pode atribuir dias de limpeza a dias e horários específicos da semana. Alguns modelos podem ser ativados remotamente, mesmo quando você está fora de casa, enfim, existem algumas opções interessantes nesse sentido.

Também neste caso, a escolha de um produto mais ou menos flexível deste ponto de vista depende das necessidades individuais do utilizador.

Extração de poeira

A tecnologia é boa, mas em um nível prático? Além de sensores e mapeamento, sendo um aspirador (ainda que inteligente), como funciona seu trabalho? Uma das características com maior peso específico neste sentido é constituída pelo tipo, número e qualidade das escovas.

A maioria dos modelos atualmente no mercado possui uma grande escova central, conectada ao tubo de sucção. Isto é, pelo menos nos dispositivos de médio-alto alcance, acompanhado por mais escovas rotativas nas laterais.

O tubo de sucção acima mencionado é obviamente muito importante. A potência de sucção é uma característica saliente, mas o nível de ruído também não deve ser subestimado.

Na verdade, em muitos contextos, pode ser útil ter um robô bastante discreto enquanto ele funciona. A sujeira coletada vai para o tanque especial. Na verdade, desse ponto de vista, o funcionamento do robô não está muito longe dos aspiradores clássicos.

Recarga

Se falarmos sobre como funciona um robô aspirador de pó, devemos, então, usar pelo menos algumas palavras sobre a bateria e o gerenciamento de carga. Como veremos no último capítulo do artigo, desse ponto de vista, nos últimos anos temos visto avanços significativos tanto em termos de duração da carga quanto de recarga.

Esses parâmetros variam consideravelmente em função do tipo de modelo e da faixa de preço em que é colocado.

Geralmente, a autonomia pode variar de pouco menos de 1 hora e meia até 3. A necessidade de uma autonomia mais ou menos prolongada depende claramente do tamanho da área a ser limpa.

Em vez disso, geralmente passa de 3 horas para cima para recarga, o que geralmente é realizado automaticamente quando o aspirador robótico termina seu trabalho e retorna à estação de recarga.

Aspiradores robotizados: do primeiro Roomba aos modelos mais recentes

Tudo começou em 2002. Na verdade, naquele ano, a empresa iRobot produziu o primeiro e histórico “Roomba”. Esta série, ao longo dos anos, tornou-se uma verdadeira referência para todo o setor.

Como é fácil adivinhar, na época foi um pequeno “terremoto tecnológico”. O Roomba era um disco com 34 centímetros de diâmetro e 9 centímetros de altura. O mecanismo que o regulava é, hoje em dia, bastante básico, já que os ajustes eram dados diretamente através de botões.

Bastante ridículo (quando visto pelos olhos de um usuário moderno) era a autonomia também. Na verdade, com uma recarga de 12 horas, foi possível fazer o robô funcionar por menos de duas horas.

Depois de tantos anos, várias gerações de Roomba foram lançadas no mercado e, como foi possível constatar neste artigo, a tecnologia certamente avançou significativamente. Vamos conhecer os novos modelos?

Robô aspirador de pó no Brasil

robô aspirador de pó
Modelos disponíveis no brasil

Mas, e aqui no Brasil, quais são as melhores opções de aspirador robótico que possuímos para compra? Abaixo, vamos deixar uma lista com 10 robôs, de marcas diferentes, que podem ser encontrados em lojas bem conhecidas, seguidos de seus respectivos preço de mercado. Veja:

  1. Aspirador de pó robô WAP Robot W300, por R$1.769,90;
  2. Robô aspirador de pó Mondial RB-01 Fast Clean Bivolt, por R$449,99;
  3. Robô aspirador Xiaomi Mi Robot Vacuum Mop Essential, por R$1.799;
  4. Multilaser ho041 aspirador de pó robô, por R$ 579,90;
  5. Aspirador de pó robô Midea, por R$3.419,89;
  6. Aspirador de pó robô Philco pas07p, por R$649,99;
  7. Aspirador de pó robô Polishop Housekeeper Pro, por R$ 2.279,88.

Deixe um comentário